Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ensino em Geografia - Iniciação à Prática Profissional I

Planificações de Aula; A Eurásia

23.04.22 | Patrícia Anjos

Olá a todos!

Espero que tenham tido uma boa Páscoa e umas boas férias!

Volto esta semana, para continuar a partilhar este meu percurso no mestrado de ensino em Geografia.

Nesta sessão de segunda-feira de IPP1, o professor Sérgio Claudino começou por nos entregar uma planificação de aula, feita pelos nossos colegas em aulas anteriores. Esta planificação concentra-se no tema: Meio Natural, subtema: Relevo, destinado a uma turma do 7º ano, com a duração de 90 minutos. O objetivo geral presente nesta planificação foca-se em compreender as principais formas de relevo. O tratamento desta e de outras planificações tem sido efetuado também nas últimas sessões de IPP1, mas devido à especificidade de cada uma, tem sido um processo de análise mais demorado.

Começámos a comentar esta planificação através de cada um dos pontos presentes na mesma, onde o professor efetua algumas retificações a esta, em termos das questões que devem ser colocadas aos alunos, assim como os objetivos que devem ficar retidos por estes no fim desta aula.

No meio da visualização desta planificação surge a dúvida: O que são continentes? Qual a diferença entre continente e ilha?  

Não há uma resposta certa, uma resposta definitiva, mas há vários conceitos que chegam próximo ao que poderá ser a definição e a diferença certa, como, por exemplo:

  • Qualquer porção de terra cercada de água maior que a Austrália é considerada um continente, e qualquer porção de terra cercada de água menor que a Gronelândia é uma ilha;

ou

  • Post 9_1.png

 Fonte: https://pt.sawakinome.com/articles/geography/difference-between-island-and-continent-3.html 

Post 9_ 2.png

 Fonte: Manual do 7º ano - Check In 7

 

Resposta de colegas:

  • Coletivo de países;
  • Grande extensão (à escala mundial) de terra rodeada por mar.

Ficou também, consequentemente, a questão: A Europa é um continente, mas não é todo rodeado por água, por isso como é considerado um continente?

Como todos sabemos, a Europa é conhecida como um continente, mas tecnicamente devia ser apenas uma grande península localizada a oeste da Eurásia. A Eurásia devia ainda de existir, pois, não faz sentido a Europa e a Ásia estarem "separados". O que classifica os continentes como dois distintos, são apenas aspetos culturais e históricos. O continente europeu é muito dividido em termos políticos, visto que são 48 países, independentes, presentes no interior do mesmo. Este encontra-se, maioritariamente, no hemisfério norte, sendo que grande parte dos países localizam-se na parte oriental.

A divisão da Eurásia foi, sem efeito, feita através dos Montes Urais. Foi no início do século XVIII, através do geógrafo russo Vasyli, a mando de Pedro, o Grande.

Pedro, o Grande, foi um ‘czar’ russo (1672 – 1725), filho do ‘czar’ Aleksei I e da imperatriz Natália Narichkina.

Pedro-o-Grande-Pedro-I-da-Russia_post 9.jpg

 Fonte: Aula Zen

Em 1697, o ‘czar’ decidiu partir numa viagem por Holanda, Inglaterra e Áustria, de modo a estudar os costumes e os sistemas políticos da Europa. Depois desta viagem, que teve a duração de mais de um ano, Pedro, o Grande, decidiu modificar toda a estrutura do estado e do exército russo. Fundou ainda o primeiro jornal, reformulou o ensino, submeteu a igreja ao estado e mudou o início do calendário de 1 de setembro para 1 de janeiro. Percebeu ainda que havia a necessidade de uma ligação entre a Rússia e a Europa Ocidental, vendo uma oportunidade através da abertura de um porto no mar Báltico. Foi ainda Pedro, o Grande, em 1703, que deu início à construção da nova capital São Petersburgo, ligando-a por canais, a Moscovo.

Voltando à planificação em questão, o professor acrescentou ainda uns reparos que o grupo poderia fazer de modo a melhorar a mesma.

Passámos depois à planificação pertencente ao meu grupo, referente à População e Povoamento, no entanto, ficámos no início da mesma, pois a aula já estava a chegar ao fim. Na próxima sessão, falarei melhor sobre ela.

Por fim, mas não menos importante, o sumário da aula:

  • O Continente Euroasiático ou a divisão geopolítica de Pedro O Grande sobre a Europa e a Ásia;
  • Comentário a planificações de aula: valorizar o rigor científico (ex: principais formas de relevo) e não colocar “momento expositivo do professor”.